Saturday, November 18, 2006

Memórias

Acordei do mais profundo sono. As memórias despertaram o meu pensamento. Pensamento vago e disperso nesse passado que ainda está presente. Lembro me perfeitamente da tua voz, do teu olhar, do teu sorriso, do cheiro da tua pele... A voz que me invadia a alma e acalmava o desasossego, o olhar doce que delineava cada contorno do meu rosto como se de uma brisa tratasse, o sorriso contagiante que espelhava a tua linda interioridade… o aroma da tua pele de fragrâncias indefinidas. Tudo isso faz parte dos meus melhores bens, das minhas memórias inesquecíveis e indescritíveis. As palavras nunca expressarão o que senti naquele momento em que o instante se tornou eterno. Nem as palavras, nem os gestos, nem mesmo o meu olhar traduzirá o que vivi e que recordo agora. Nunca, jamais…
*claudia*

2 comments:

Andreia (pimoca) said...

Fui a pimeira .. fui a pimeiraa .. eheheheh ..... LOOOL =P

Ta mt girah a fotu e o o texto ;)

Continua a postar ... postas mt bem ...... =P

Beijuuux Fofuuuxx ****

marina said...

ai ai... :) esses momentos, esses momentos...e essas sensaçoes :)

gostei da imagem associada ao texto :)

bjos ****

Powered by Blogger